25 junho 2005

Praga Sonora 1



Ó, esse bichinho aí de cima é o AutoTune. É um software usado pra corrigir desafinações em geral. Muito útil para pequenos pequenos deslizes vocais, principalmente. Antes que alguém pergunte, já adianto, a Fernanda não precisa disso, é MUITO afinada. EU é que deveria usar... Mas raramente uso, prefiro corrigir essas barbeiradas vocais de outras formas, não vou entrar nessas questões técnicas aqui...

Mas, falando da praga sonora: o AutoTune é muito usado também de uma forma mais radical, pra dar aquele efeito "Cher", de "do you believe in life after love..." lembram? Bem, até aí ainda tem uma certa graça, é um efeito radical e claramente proposital. Se for usado de um jeito bem radical fica interessante. O problema é quando esse treco é usado em vocais que deveriam somente ter sua afinação corrigida, e não ficar com essa sonoridade. O que se ouve é um vocal aparentemente "normal" mas com uma característica horrível de afinação artificial. Isso acontece porque quem regulou o AutoTune ligou essa pitomba num preset qualquer e achou que tava bom, e que ninguém perceberia o que o efeito maligno estava fazendo. Preguiça de trabalhar mais o efeito ou falta de técnica, em outras palavras...

É uma disgreta sonora que está MUITO espalhada por aí, em coisas que jamais imaginei que viriam com esse artefato melequento no som. Talvez eu seja um velho ranzinza que passou muito tempo num estúdio, mas quando escuto uma voz assim, não consigo ouvir mais nada da música. É eject no ato.

Sei que uma grande parte de meus fiéis leitores aqui não vai entender chongas do que estou falando, mas aí está. Morte ao AutoTune mal-usado.

8 Comments:

Anonymous LéoTatu said...

E qual foi o último som que ouviu com o AutoTune sendo "mal empregado"?

26/06/2005 01:08  
Blogger John said...

Bom, eu já sou do tipo ruim de dar nomes aos bois, mas acredite: se vc não percebeu o autotune usado aqui ou ali, melhor pra vc, porque se torna um vício do mal detectar esse som... Sei que esse post ficaria mais divertido com alguns nomes, mas como eu sou um puta cuzão, não vou fazer isso... Vai ver que o povo ainda está aprendendo a usar o treco, né? Vamos dar uma chance.

26/06/2005 10:27  
Blogger William Wilson said...

Não entendi chongas mesmo, mas apóio a morte ao AutoTune mal-usado. Até porque o nome AutoTune é feio e cacófago.

27/06/2005 09:47  
Anonymous Vítor Rodrigo Dias said...

eu ja tinha ouvido falar alguma coisa sobre "programas milagrosos que transformam uma daniela cicarelli numa diva musical", mas nunca tinha visto uma estilingada como essa vinda de alguem de dentro do "mondo musical"... foi bom ler isso!

enfim, e melhor mesmo nao aprender a detectar essas coisas, quem tem bom gosto ouve gente que nao usa (ou nao precisa) desse tipo de coisa...

28/06/2005 03:00  
Anonymous dudi said...

Ouvi dizer que tem um treco semelhante que afina o pessoal allllllvivo mesmo, dá uma alongadinha na voz ali, coisa e tal... uma beleza... será verdade?

29/06/2005 14:32  
Anonymous naiade said...

putz! velho ranzinza! como eu vou saber se num sei o que é?

05/07/2005 17:44  
Anonymous Diego Marx said...

HuAHUahuHAuhauHAuAHuHUAHuaHuaHaUhaUhaUh!!!! Caramba... engraçado q eu tenho lido coisas sobre o que eu penso esses ultimos dias... po... Essa do AutoTune é clássica... eu ja fiz muito isso... hehehehe... até q um belo dia eu percebi isso em outras musicas como disco de um certo bonitinho do pop rock... ops... é... ele ta aprendendo... mas não deveria aprender antes de bitolar a gente espalhando sua musica pelo radio?...

Grande abraço!!!!

11/07/2005 14:55  
Blogger Reporter Branco said...

Fala cara, sei que o post é velho, mas depois de ler me identifiquei muito!

Trabalho como produtor musical, e direto vejo alguns cantores(as), sempre querendo usar o "protools" para afinar.

Eu sou contra usar o auto-tune, acho que só vale a pena, se for para salvar um take MUITO bom, em que poucas notas ficaram fora, afinal vale a pena salvar a inspiração, até porque um estúdio profissional pode ser muito caro para esperar outro momento iluminado desses chegar. E também todos os meus vocalistas favoritos, ficariam péssimos se fossem afinados, como David Coverdale, Bruce Dickinson e Ian Gillan.

Outro fato curioso que acho que rende um post "engenharia de áudio" é como o Pro-Tools se transformou no maior produtor do mundo, afinal, segundo os leigos, tudo é possível nos programa.

Apesar de ter tido o prazer de ainda gravar usando fita, tenho que dar o braço a torcer para a facilidade dos programas, que eu pessoalmente prefiro o Sonar ao ProTools.

Seu blog é realmente muito bom! Parabéns! (depois de ver isso aqui, desenterrei a minha cópia do rotomusicdeliquidificapum).

Abraços!

05/09/2007 12:25  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home